Nova fase da Operação Lava Jato prende tesoureiro do PT

1

tesoureiro

O tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, foi preso nesta manhã de quarta-feira (15) na 12ª etapa da Operação Lava Jato, de acordo com informações da Polícia Federal, que realizou a prisão. Ele é investigado por suspeita de receber propina em esquema de corrupção na Petrobras. O mandado contra Vaccari é de prisão preventiva e ele foi detido em casa, em São Paulo.

Além da prisão de Vaccari, a PF executa mandado de condução coercitiva contra a mulher dele, Gisela Lima, que foi ouvida pelos policias em casa. Na condução coercitiva, a pessoa presta depoimento e é liberada.

Desde que surgiram as denúncias, no ano passado, Vaccari tem negado a participação dele e da cunhada no esquema.

O PT, informou que o partido ainda não tem um posicionamento sobre a prisão do tesoureiro.

A atual fase da Lava Jato, além dos dois mandados de prisão e do de condução coercitiva, executa um de busca e apreensão, também na cidade de São Paulo.

Todos os presos serão levados para a superintendência da PF em Curitiba.

Denúncias

Vaccari já é réu em processo na Justiça Federal do Paraná que investiga as denúncias da Lava Jato. Ele é suspeito de ter recebido propina em esquema de corrupção que atuou dentro da Petrobras.

O ex-gerente de Serviços da estatal Pedro Barusco, que também é investigado pela Justiça, afirmou em delação premiada que Vaccari recebeu cerca de R$ 200 milhões em nome do PT no esquema investigado pela Lava Jato. As apurações da PF apontam que as propinas eram pagas por empreiteiras que firmavam contratos com a petroleira. (O Globo).

1 Comentário

  1. Manoel Lima

    16 de abril de 2015 em 17:24

    Não dá para entender. das mesmas empresas e contas que saíram doações para o PT, também saíram para o PSB, PP, PMDB, PSDB. Porque só as doações feitas para o PT são investigadas e consideradas ilegais se tiveram a mesma origem como declarou um dos depoentes.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Destino de Aécio Neves será decidido em novembro no Senado

Mesmo com a vitória no plenário do Senado, as polêmicas em torno do senador Aécio Neves (P…