Mendonça Filho diz que críticas ao Governo Temer devem ser aplicadas a quem o colocou no poder

2

Na chapa das oposições, o pré-candidato a senador Mendonça Filho acompanhou Armando Monteiro, lançado como pré-candidato ao governo de Pernambuco durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (14), em Petrolina.

Como ponto positivo de sua candidatura, Mendonça apresentou mudanças estruturantes, enquanto assumiu o cargo de Ministro da Educação no Governo Temer, ressaltando que as ações concluídas na área ocorreram independente de uma avaliação relacionada ao Governo Federal.

“Fizemos mudanças no ENEM, FIES, no Ensino Médio, dando oportunidade aos jovens e a questão da escola em tempo integral em Pernambuco, além de investimentos com prefeituras. Em Petrolina temos 10 creches em viabilização, isso é resultado de um trabalho positivo e robusto, um legado no período em que fui ministro, isso tudo aconteceu independente das críticas relacionadas ao atual governo”, disse.

Mendonça Filho respondeu sobre algumas declarações na mídia ditas por ele ao Governo Temer e que as críticas ao atual Presidente da República devem ser direcionadas a quem o colocou no poder.

“Se eu for estabelecer alguma crítica ao governo Temer, isso deve ser aplicado a quem participou do processo de escolha dele. Temer foi escolhido presidente de dentro do Partido dos Trabalhadores e acho que nós trabalhamos pela educação do Brasil, eu tenho minha trajetória e ao cenário político no senado, estou em uma boa posição”, finalizou Mendonça Filho.

2 Comentários

  1. petrolina atenta

    15 de junho de 2018 em 07:13

    Votou em tudo para tirar dos pobres uma presidente que aliviava o sofrimento dos mais necessitados. o Brasil em que o pobre tem vez sempre vai ser o do PT.

    ESTES CARAS QUE SÓ PENSAM NA CLASSE RICA, TIPO FBC E TODO SUA CORJA, MENDONÇA, ARMANDO, E TODOS OS DEPUTADOS DE PERNAMBUCO QUE VOTARAM PARA TIRAR DILMA VÃO SE FERRAREM, POR QUE O POVO POBRE SÓ ESTÁ ESPERANDO A HORA CHEGAR PARA DAR O TROCO.
    SE LASQUEM!!!!

    Responder

  2. Wagner Mororó

    16 de junho de 2018 em 08:04

    Rapaz, o cara de pau fez, e faz parte da base de apoio, do malfadado Governo Temer. Agora diz que a culpa do descalabro é dos adversários?
    O Temeroso teve oportunidade de dar novos e melhores rumo ao Brasil, juntamente com Mendonça Filho, Fernando Filho e tantos MINISTROS DO SEU GOVERNO.
    Agora, instalado o caos, o desemprego, o aumento da corrupção e, enfim, o desgoverno, este cidadão vem colocar a culpa no PT que o convidou para ser vice.
    Teria sido culpa do PT, também, a consumação do descarado golpe de Estado armado pelos “Temerosos”?!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dias Toffoli: ‘Atacar o Poder Judiciário é atacar a democracia’

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, divulgou nesta segu…