Justiça do Trabalho determina que EMSA quite débitos com trabalhadores até o 5° dia útil deste mês

0

Uma audiência na Vara do Trabalho de Salgueiro sobre a situação dos credores do Consórcio EMSA de toda a região foi realizada nesta quarta-feira (02). Em abril, a EMSA desistiu de prosseguir com os trabalhos no Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco por indisponibilidade financeira.

Segundo Tony Luiz, a Justiça do Trabalho requereu explicações sobre a real situação da empresa e que seja quitado todos os débitos com os trabalhadores até o 5° útil deste mês.

De acordo com o Blog Alvinho Patriota, o magistrado da Vara do Trabalho alertou que, caso os pagamentos não sejam feitos nesse prazo, o débito vai ser liquidado mediante bloqueio judicial de R$ 28 milhões do Ministério da Integração Nacional. Somente a dívida do consórcio com os operários gira em torno de R$ 13 milhões. O restante vai ser pago aos fornecedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Em uma semana quase 100 pessoas foram vítimas de acidentes de moto, informa Hospital Universitário de Petrolina

O Hospital Universitário de Petrolina recebeu de de 09 a 15 de setembro, 123 vítimas de ac…