Instituições debatem o controle de insetos e répteis em Petrolina

0

Em busca de soluções para a proliferação de insetos e répteis nas lagoas e saídas de esgoto de Petrolina, a Prefeitura participou de uma reunião promovida pela Curadoria do Meio Ambiente da 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do Ministério Público de Pernambuco. O objetivo é unir forças de instituições para identificar os locais de maiores concentrações de jacarés, cobras e abelhas, além de buscar medidas para combater e monitorar esses polos.

A reunião, realizada na última segunda-feira (7), contou com a presença de representantes do Corpo de Bombeiros, do Centro de Manejo de Fauna da Caatinga (CEMAFAUNA/Univasf), do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Associação de Criadores de Abelhas de Petrolina, da Diretoria de Saneamento da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) e da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA).

A promotora de justiça, Rosane M. Cavalcanti, propôs que as abelhas que aparecerem em locais onde há risco para a população sejam capturadas e levadas para Associação de Criadores de Abelhas do Município, enquanto que os jacarés, cobras e outros répteis, sejam direcionados para o CEMAFAUNA, com o acompanhamento da Agência Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (CPRH). Além disso, também foi solicitado que a Compesa reforçe as cercas das lagoas da cidade para evitar a fuga e a morte dos répteis.

PRÓXIMO ENCONTRO

Uma nova reunião foi marcada para segunda-feira (27) de agosto, às 14h, na Sala de Audiência da 3ª Promotoria de Justiça. A expectativa é que as instituições participantes estabeleçam parcerias a fim de criar uma rede de colaboração, proteção e atendimento desses animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir fake news

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, remarcou para hoje…