Hospital Universitário bate recorde de cirurgias em maio, apesar das reclamações dos pacientes

0

hospital

O Hospital Universitário Doutor Washington Antônio de Barros, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU/Univasf), em Petrolina, ainda é alvo de diversas reclamações da população e a principal delas, é a demora na realização de cirurgias. Apesar disso, o hospital divulgou um balanço afirmando que, no mês de Maio foram 392 intervenções ao longo dos 31 dias, destacando que durante o ano de 2014, a média foi de 328 cirurgias/mês. Os números são comemorados pelo superintendente do HU, Ricardo Pernambuco.

Esse recorde tem como destaque as neurocirurgias, que tiveram um aumento de 111% em intervenções. A marca anterior é de uma média de outubro de 2014 a janeiro de 2015, com 17 procedimentos. “Esse número é resultado de muito trabalho, dedicação, maior eficiência da equipe, rotatividade dos leitos e suprimento de insumos para realização dos procedimentos”, destacou o superintendente.

Referência regional em ortopedia; traumatologia; neurocirurgia; hepatologia; vascular e clínica médica, atualmente o Hospital Universitário conta, ainda, com outras 14 especialidades. Com um perfil assistencial, de hospital geral de média e alta complexidade, o HU atende a 55 municípios da Região Interestadual do Médio do Vale do São Francisco, localizados nos estados de Pernambuco e Bahia, com aproximadamente 1,9 milhões de habitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também