Gerente de Governo do Banco do Brasil reconhece atraso das obras para a reabertura de agência em Sobradinho (BA)

0

O Prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti, esteve reunido com representantes do Banco do Brasil para dialogar sobre a reabertura da agência na cidade, que foi destruída por uma ação de assaltantes no mês de julho do ano passado.

O gestor municipal expôs para os prepostos da instituição financeira, os transtornos pelos quais a população vem sofrendo desde que a agência deixou de funcionar e solicitou a reabertura em caráter de urgência.

” O município de Sobradinho não pode mais esperar tanto tempo pela agência do Banco do Brasil. A população clama pela reabertura da agência que aqui congrega um grande número de correntistas. Os comerciantes e demais clientes estão passando por muitas dificuldades para realizar suas operações financeiras. O Banco do Brasil tem, acima de tudo, uma função social e é isso que estamos ressaltando no diálogo com a instituição”, informou o prefeito.

Rodrigo Aurélio, Gerente de Governo do Banco do Brasil, reconheceu o atraso das obras e justificou citando os entraves burocráticos para que o processo de reabertura seja finalizado. Segundo ele, a mão de obra que o banco dispõe é insuficiente para todas as demandas e informou que a agência não será reformada e sim reconstruída, seguindo o novo modelo padrão do BB.

Rodrigo Aurélio apresentou um dado importante e que sustenta a necessidade da agência em Sobradinho: 95% do total de crédito do município é realizado pelo Banco do Brasil.

O Gerente local da agência, Edvaldo Carvalho, garantiu que até o mês de março será disponibilizado um ponto de atendimento para minimizar os prejuízos, até que a nova agência seja entregue a população.

Moisés da Silva Cunha Junior, Superintendente Regional, agradeceu ao gestor municipal a iniciativa de se disponibilizar para uma parceria e reafirmou que esta também é a intenção da instituição. Ele também lamentou a situação do município de Sobradinho e disse que existem em torno de 20 municípios baianos, que estão com o mesmo problema.

A boa notícia é que, de acordo com Moisés da Silva, a obra já está autorizada, com previsão de iniciar no segundo semestre deste ano. Ele também garantiu todo empenho para acelerar a obra no município.

“Estamos acompanhando de perto o processo de reabertura da agência e vamos cobrar celeridade na obra e também na ação paliativa de disponibilizar um posto de atendimento para que a população não fique ainda mais prejudicada”, garantiu o prefeito. (Ascom).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Nova metodologia incentiva boas práticas no uso dos recursos hídricos da bacia do São Francisco

A partir de 2019, usuários que fizerem uso racional dos recursos hídricos da bacia do rio …