Falta de manutenção no curral da Univasf revolta estudantes

0

univasf

A falta de manutenção no curral do Campus de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, está prejudicando os animais. A afirmação é dos estudantes do curso de medicina veterinária e zootecnia. Segundo eles, o problema dura pelo menos um mês.

Na última semana, um touro morreu no local e os estudantes acreditam que o caso está associado as condições irregulares do curral, como o acúmulo de lixo. Sem limpeza e sem manutenção, os dejetos dos bichos ficam acumulados. Nesta quarta-feira (22), os alunos desistiram de esperar pela Universidade e decidiram limpar o curral.

Segundo o aluno, as péssimas condições do curral, levou a morte de um touro, na última semana. “Ele tinha um problema grave de artrite e com isso ele foi definhado até que morreu. Nós tratamos ele, só que fica difícil tratar com essas condições do curral. Os animais acabam não sobrevivendo por conta da sujeira. O processo de cicatrização não acontece em algumas doenças e eles acabam definhado até que morre”, relata Rodrigo Santos.

Em nota, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) informou que não recebeu nenhuma reclamação formal ou pedido de esclarecimentos sobre as condições do curral de bovinos localizado na Fazenda Experimental no Campus Ciências Agrárias (CCA). A universidade comunicou que a área interna é limpa diariamente e a externa, quinzenalmente. Mas, na última semana, o local não passou pelo procedimento de limpeza devido ao acúmulo de água causado pelas chuvas.

A Univasf informou ainda que o curral conta com uma equipe técnica formada por uma médica veterinária, zootecnista, engenheiros agrônomos e técnicos agrícolas que acompanham diariamente as condições dos animais do local. Sobre o touro, a instituição disse que o animal precisou ser sacrificado porque tinha um quadro crítico e ao longo dos últimos anos vinha sofrendo com algumas enfermidades. (G1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Escolas de Petrolina recebem ação contra a corrupção realizada pelo MPPE

Um olho no peixe, outro no gato: no mesmo dia em que deflagrou, em conjunto com a Controla…