Ex-prefeito de Sento Sé, Ednaldo Barros é condenado e fica inelegível por oito anos

2

Condenado pelo crime de apropriação de rendas públicas, o ex-prefeito de Sento Sé (BA), Ednaldo dos Santos Barros, pegou uma pena inicial de quatro anos e seis meses de reclusão, em regime semiaberto e com afastamento de cargos públicos, com isso, o ex-prefeito fica inelegível por oito anos e, aguarda avaliação de recurso especial que solicita redução da pena do parlamentar para três anos e três meses de reclusão e a possibilidade de responder pelo crime em liberdade, apenas com restrição de direitos.

2 Comentários

  1. Arlindo Fraga Maia

    9 de junho de 2017 em 13:50

    Por outro lado, o Sr. Juvenilson Passos dos Santos teve os seus direitos políticos suspensos por 08 (oito) anos, considerado FICHA SUJA e foi beneficiado com a sua contratação pela sua esposa a Prefeita Ana Luiza Rodrigues Passos e, em que pese uma série de denúncias para o MP efetivar a sua exoneração, pelo visto o mesmo continuará como Secretário da Administração até o final do mandato da sua esposa a gestora de Sento Sé. Coisas que só acontecem em Sento Sé.

    Responder

  2. Arlindo Fraga Maia

    17 de setembro de 2017 em 13:05

    O que está acontecendo com o Ministério Público da Bahia, o Núcleo de Investigação de Crimes Atribuidos à Prefeitos, que não adotou as medidas legais que se impõe desde a posse da Prefeita de Sento Sé ANA LUIZA RODRIGUES PASSOS DOS SANTOS, ilegal e criminosamente, contratou o seu esposo(NEPOTISMO) JUVENILSON PASSOS DOS SANTOS para exercer o cargo de Secretário Municipal da Administração da Prefeitura de Sento Sé. Configurou-se, destarte, as infrações previstas na Súmula Vinculante 13 do STF, agravando-se mais ainda, a dita contratação pelo que prevê a Lei 8.429/92, por ser de conhecimento de toda a população da Bahia, inclusive, claro e evidente pelas autoridades eleitorais e criminais que o JUVENILSON PASSOS DOS SANTOS é considerado FICHA SUJA, jamais poderia exercer cargo público, tendo vista que foi julgado e condenado pelo STF pela perda dos seus direitos políticos pelo prazo de 08 (oito) anos. O silêncio e a inércia dos órgãos responsáveis na recomendação endereçada à Prefeita de Sento Sé ANA LUIZA RODRIGUES PASSOS no sentido de promover, incontinenti, imediatamente, a exoneração do seu esposo, independente das medidas legais pelos crimes cometidos pela gestora, como o seu afastamento do cargo pelo cometimento das improbidades administravas acima elencadas.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Santa Maria da Boa Vista realiza evento para mulheres em alusão ao Outubro Rosa

Em alusão ao Outubro Rosa, a Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista realizou um evento vol…