Estudo aponta que infecção por dengue protege contra consequências de zika

1

Um estudo desenvolvido na China mostrou que a infecção anterior pelo vírus da dengue pode proteger o indivíduo contra o vírus da zika. Os cientistas perceberam que camundongos imunes à dengue apresentavam também proteção cruzada contra a zika, segundo o jornal O Globo.

Foi possível ainda identificar que os linfócitos T CD8, células de defesa, têm ação combinada contra os dois vírus. O primeiro autor do trabalho foi Jinsheng Wen, do Instituto de Arboviroses da Universidade de Wenzhou, na China, e colaborador no Instituto La Jolla de Alergia e Imunologia, nos EUA.

Os pesquisadores acreditam que uma infecção prévia por dengue impeça consequências mais graves do Zika, a exemplo das anomalias em bebês. “Em países endêmicos para a dengue, isso pode explicar a razão pela qual algumas pessoas infectadas com zika não desenvolvem a doença”, pontuou Sujan Shresta, da Universidade de Wenzhou.

1 Comentário

  1. José Carlos de Moura

    13 de novembro de 2017 em 21:41

    Era esperado !! Precisamos de mais estudos para se comprovar isto !!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Inscrições para o vestibular da Faculdade Soberana segue até amanhã (21) pelo site e até dia (24) na secretaria da Faculdade

Os estudantes interessados em cursar Odontologia na Soberana – Faculdade de Saúde de…