Dormentes: Sem água nem para beber, população de Caatinga Grande reclama de contas para pagar

0

Os Moradores do povoado de Caatinga Grande, zona rural de Dormentes, Sertão de Pernambuco, estão indignados sem receber água nas torneiras, enquanto isso todo mês chega a conta para pagar. A caixa d´água da localidade está seca há muitos meses e as pessoas passando sede.

Em recente visita à região, o advogado Alvinho Patriota foi procurado pelos moradores da localidade pedindo o seu empenho para solucionar o problema junto ao deputado federal Gonzaga Patriota.

Confira a solicitação que Alvinho fez ao deputado Gonzaga Patriota:

“Peço verificar junto a COMPESA em Recife, pois acho que esse órgão nas cidade não tem poderes para tal fim, no sentido de SUSPENDER a cobrança de taxas de água onde não houver o fornecimento do líquido da vida.

Existem lugares em que quando não é possível o abastecimento através da tubulação, a COMPESA substitui o atendimento por carros pipa, contudo isso deve ser uma minoria, de forma que a maioria da população ressente da falta d´água, embora tendo de pagar mensalmente por um serviço que não lhe foi disponibilizado.

Outro argumento é que, se a Concessionária cobra uma taxa mínima por um certo volume de água, salvo engano 10m³, deve garantir através de outras formas de entrega do produto esse mesmo quantitativo ou, caso não seja possível, fazer a redução do valor na fatura do consumidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Julgamento sobre prisão de Lula será iniciado no dia 4 de maio

O julgamento virtual que vai analisar o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva…