Dona Ivone Lara deixa cerca de 40 canções inéditas, segundo a família

0

Com sucessos como “Sonho Meu”, eternizado nas vozes de cantoras do calibre de Gal Costa e Maria Betania, “Liberdade” e “Acreditar”, Dona Ivone Lara deixa um legado repleto de clássicos no cancioneiro nacional. Engana-se, porém, quem pensa que a “Dama do Samba” tenha parado por ai: ela deixa um legado de cerca de 40 músicas inéditas, de acordo com a família. Aos 97 anos, a artista morreu na noite desta segunda-feira (16) na Coordenação de Emergência Regional (CER) Leblon, Zona Sul do Rio, onde sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Segundo parentes, as músicas são composições que Dona Ivone Lara acumula desde os 93 anos, numa média de dez novas canções por ano. Sempre que a inspiração batia à porta, pedia o seu caderninho para registras as palavras no papel. Em sua maioria, as novas composições falam de amor, mas também há espaço para temas um mais melancólicos, como traição.

— Muitas músicas estão guardadas. Dos 93 anos dela para cá, ela fez umas 40 músicas. Estão novinhas. Fez com meu filho, André Lara, e com outros compositores, como o Delson Carvalho (na arte, parceiro de longa data de Dona Ivone Lara). A última (música) ela fez não tem nem oito meses — disse a nora da sambista Eliana Lara Martins de Castro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Inscrições para o Fies terminam neste domingo (22)

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) encerra, no próximo domingo (22), as inscrições…