Dodge pede ao STF para suspender inquérito sobre Temer

0

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu nesta terça-feira (25) a suspensão do inquérito que investiga se o presidente Michel Temer (MDB) recebeu propina da Odebrecht em 2014, aberto com base em delações da Operação Lava Jato.

Assim, Dodge não vai apresentar nova denúncia contra o presidente, que já foi alvo de outras duas acusações na Lava Jato. “O pedido consta em manifestação enviada ao STF (Supremo Tribunal Federal) e deve-se ao fato de o presidente ter imunidade temporária à persecução penal”, informa a Procuradoria por meio de nota.

“A Constituição Federal proíbe que o presidente seja denunciado por atos anteriores ao mandato”, diz o texto. Em 2017, Dodge pediu a inclusão de Temer no rol de investigados por entender que “há interesse público em evitar o perecimento da prova e, com ela, da verdade, que justifica a abertura de investigação criminal a ser feita com a maior brevidade possível e no período mais próximo à data do fato apurado”.

Temer ainda é investigado em outro inquérito, que apura se ele beneficiou empresas ligadas ao Porto de Santos e que está em fase final de apuração. (Folha PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Um Homicídio foi registrado na penitenciária de Petrolina

Na manhã deste domingo (09) a equipe de investigação foi acionada em virtude de um suposto…