Documento da polícia civil de Petrolina solicita exumação do corpo de adolescente de 15 anos morta no Hospital Dom Malan/IMIP; confira

0

A Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal de Petrolina constituída para apurar fatos relacionados a óbito ocorridos com mães gestantes e bebês no Hospital Dom Malan/IMIP, esteve reunida no final do mês de junho onde ouviu os depoimentos do superintendente do Hospital Dom Malan/IMIP, da senhora Elisângela Costa Araujo, mãe do garoto Davi que faleceu em 2015, de Maria de Fátima Milhomes avó de bebês, que morreram em 2017; e Enileide Souza Carvalho, mãe da jovem Milian Carvalho da Silva, que veio a óbito em 2018.

 

O corpo da adolescente aguarda a autorização da justiça para ser exumado, a pedido da polícia civil de Petrolina, através de ofício (foto acima).

O documento assinado no dia 12 de junho diz que “o corpo da adolescente não foi encaminhado ao IML para os procedimentos de necropsia, sendo que a morte foi declarada que revelou em prontuário que o corpo deveria ter sido analisado pelo serviço de verificação de óbito para que a morte pudesse ser melhor esclarecida, mas que este serviço não é disponibilizado na região”.

“O delegado Daniel Moreira pediu a exumação do corpo e está esperando o juiz decidir, isso já e certo não tem nem o que questionar”, informou o presidente da Comissão Especial de Inquérito, vereador Ronaldo Cancão (PTB).

Mesmo com o recesso parlamentar a Comissão continuou os trabalhos reunindo os membros para analisar documentos encaminhados pela delegacia de policia civil (inquéritos abertos contra o Hospital Dom Malan/IMIP), e agendar novos depoimentos onde serão ouvidos o Presidente do Cremepe, e outras pessoas que denunciaram a unidade. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Traficante da Bahia é preso com mais de 20Kg de maconha e 35g de haxixe em Salgueiro

Nesta terça-feira (25), em uma Operação conjunta entre a Polícia Federal e Policiais Milit…