Deu o que falar essa semana: Atrito entre os vereadores Ibamar Fernandes e Cristina Costa

0

ibamar

O 1º vice-presidente da Casa Plínio Amorim, vereador Ibamar Fernandes (PRTB), manteve o discurso contra vereadora Cristina Costa (PT), que o tachou de “tendencioso” e “prepotente” nas últimas sessões.

Ibamar disse que não voltará atrás em dizer que ela é “barraqueira” e criticou a postura ex-deputada Isabel Cristina, num comentário feito no programa ‘Canal Aberto’, da Voz do São Francisco/Emissora Rural, onde Isabel disse que Ibamar deveria pedir desculpas a vereadora Cristina Costa.

“Respeito a opinião da ex Deputada Isabel que inclusive está muito doente, que Deus a ajude e por falar nisso, eu tenho que pedir desculpas a Deus e não a Cristina Costa e a nenhum vereador. Os incomodados que se retirem”.

Cristina Costa questionou o posicionamento  do vereador Ibamar Fernandes, que segundo ela estaria desobedecendo o regimento interno da casa e entre um dos motivos de favorecer determinados vereadores da oposição a se pronunciarem por mais tempo que os demais.

“por acaso alguém sabe o que está acontecendo na câmara de vereadore spara dizer que estamos fazendo greve? Nós não estamos a população., mas ela é prejudicada quando a câmara não se discute projeto e só acontecem discussões naquela casa”

A vereadora afirmou que a pauta das sessões ordinárias nunca fica pronta no prazo certo que é de 24h e isso inviabiliza a falta de tempo para que sejam analisados cada requerimento que é proposto na mesa diretora.

cristina“Aquela casa não pode ter dois pesos e duas medidas, por isso me levantei da mesa e pretendo não participar enquanto o vice-presidente da câmara estiver comandando a sessão e não vou aceitar ser destratada porque sou mulher e mereço respeito, é muita falta de decoro parlamentar e ainda tem deles que ficam trancando a pauta da sessão”.

Cristina costa ressalta que esperou o vereador Ibamar Fernandes vim lhe pedir desculpas pela forma, que segundo ela, o parlamentar agiu sem que deixasse ela expressar seus posicionamentos durante a sessão.

“eu pensei que o vereador tivesse humildade de vim até mim para que eu em forma de respeito pudesse perdoar ele pelas suas atitudes, mas na hora que foi pedido “ordem”, ele agiu de forma ríspida novamente”.

A petista continuou rebatendo a conduta do vereador Ibamar Fernandes em presidir as sessões e disse que a casa Plínio Amorim está um verdadeiro desgaste, tanto para os vereadores quanto para a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

“Aqui cada leitor vira um repórter”: Buraco causa transtornos aos moradores do Dom Avelar em Petrolina

Os moradores do bairro Dom Avelar não aguentam mais conviver com um buraco, localizado pró…