Delegado responsável pela “Operação Paz no Sertão” acredita que crimes foram motivados por vingança

0

delegado

Depois da série de assassinatos em Serra Talhada, Sertão do Estado, em que nove pessoas foram mortas entre os meses de janeiro e abril deste ano, a Polícia Civil de Pernambuco iniciou nesta quinta-feira (07) a operação Paz no Sertão, envolvendo 249 policiais, sendo 56 militares e 193 civis (a informação é que nenhum seja do município). Mais de 25 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos e já há saldo de oito pessoas detidas, entre elas Policiais Militares.

Para o delegado Guilherme Caraciolo, responsável pelas investigações, a polícia trabalha com a teoria que parte dos crimes está ligada ao assassinato do vereador Cícero Fernandes, conhecido como Cição, ocorrido em março. De acordo com declaração do delegado ao Portal NE 10 do Sistema Jornal do Commercio, “é provável que algumas mortes tenham sido motivadas por vingança, em resposta ao assassinato do político, que também era policial militar da reserva”, diz o texto.

A resposta da Polícia Civil e da equipe do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa) surge dois meses depois do reforço policial enviado pela SDS (Secretaria de Defesa Social) a região.

De acordo com informações preliminares, o balanço será divulgado na próxima segunda-feira (11) pelo secretário da SDS, Alessandro Carvalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

“Aqui cada leitor vira um repórter”: Buraco causa transtornos aos moradores do Dom Avelar em Petrolina

Os moradores do bairro Dom Avelar não aguentam mais conviver com um buraco, localizado pró…