Criação de abelhas nativas será estimulada nas Unidades de Conservação da Caatinga em Petrolina

0

criação de abelhas nativas

As Unidades de Conservação da Caatinga (UCCA´s), desenvolvidas na zona rural de Petrolina através da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) deverão receber um incremento a mais em 2015. É que os produtores inscritos no programa serão estimulados a potencializarem a criação de abelhas nativas, como Mandaçaia, Manduri e Cupira.

Além de estarem contribuindo para a proliferação das espécies- que correm riscos de extinção- os membros do programa de Conservação da Caatinga também poderão obter uma fonte extra de renda. É que das abelhas podem surgir diversos derivados, a exemplo do mel, geleias, sem contar na venda de enxames para recria e aluguel de colmeias para polinização.

Diversos cursos e palestras evidenciando a importância e as novidades da meliponicultura serão desenvolvidos ao longo do ano junto aos produtores rurais. Lembrando que nas áreas de UCCA`s, as abelhas a serem adquiridas deverão vir de áreas de desmatamento legal, com a devida autorização de órgãos competentes. “A meliponicultura pede investimento de baixo custo e pode dar um bom retorno financeiro ao produtor. Há que se destacar também que as abelhas têm um importante papel na polinização de espécies vegetais. A criação de abelhas sem ferrão tem um manejo mais simples e possibilita com que o produtor possa agregar produtos em termos de beneficiamento, melhorando assim sua renda”, pontua o assessor técnico da AMMA, Clefson Sena.

Uma das vantagens para o produtor rural ao criar abelhas nativas diz respeito ao manejo. “Não é preciso que haja a utilização efetiva de equipamentos de segurança. Além disso, o mel tem mais valor agregado, financeiramente falando, é o mais caro hoje no mercado nacional”, aponta Sena.

Para a gestora da AMMA, Denise Lima, o incentivo a criação de abelhas nas unidades de conservação integra o rol de ações que levam à preservação e conservação do ecossistema Caatinga. “O objetivo do programa da Prefeitura de Petrolina é justamente fazer com que o homem do interior incremente sua renda, mantendo e conservando a fauna e flora típicas do sertão. É uma maneira de sustentabilidade importantíssima”, destaca. (Ascom AMMA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Família petrolinense viaja para Brumadinho (MG) em busca de informações de inspetor de máquinas que está desaparecido

Cláudio Márcio dos Santos, de 46 anos está entre os desaparecidos da tragédia do rompiment…