Creches de Petrolina registram recorde de matrículas

0

As unidades dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) e do Programa Nova Semente alcançaram um número recorde de matrículas em 2018. Ao todo foram inscritas de 17.400 crianças neste ano na rede municipal de Petrolina. Esse número representa um crescimento de  2800 matrículas, quase 20% em relação a 2016.

O recorde não deve durar muito tempo, já que a Prefeitura de Petrolina está expandindo o número de creches de alto padrão do tipo CMEI. Quatro novas unidades já estão em construção nos bairros Vila Eulália, Antônio Cassimiro, Vila Marcela e Henrique Leite. Outros seis CMEI devem ter obras iniciadas até julho, o que ampliará em pelo menos 2 mil vagas ofertadas para as crianças petrolinenses.

Além de mais disponibilidade para matrículas, a Prefeitura de Petrolina investiu na melhoria do atendimento, infraestrutura e ensino nas creches. Pela primeira vez, todas as unidades da primeira infância contam com professores para iniciar o processo de aprendizagem antes de as crianças entrarem nas escolas municipais. Também foram adquiridos novos fardamentos, kits pedagógicos e implantado o programa  “Crescer Saudável” para incentivar o consumo de alimentos mais nutritivos  no público atendido na rede municipal.

Segundo o prefeito Miguel Coelho, a educação na primeira infância é uma das principais prioridades da gestão, mantendo os investimentos com uma entrega maior de serviços e alcance mais amplo. “Hoje, as creches tem mais qualidade, professores nas salas e um número maior de crianças atendidas. Essa melhoria toda ocorreu investindo de forma mais eficiente e responsável, sem que a população tenha que pagar mensalidade ou fazer rifa para garantir o atendimento nas creches como se fazia antes”, explica o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Quatro pessoas são presas por sonegação fiscal em distribuidoras

A Polícia Federal (PF) cumpriu na manhã desta quarta-feira (15) quatro mandados de prisão …