Comerciantes informais de frutas e verduras deixam ruas de Petrolina e passam a trabalhar em local próprio

0

A Prefeitura de Petrolina de mais um passo importante na luta pelo reordenamento público do centro comercial da cidade. A partir da próxima segunda-feira (10), os comerciantes informais de frutas e verduras que atuam espalhados pela região central vão trabalhar em um local estabelecido em acordo com a Associação de Feirantes, Ambulantes, Barraqueiros e Camelos de Petrolina (AFEABACAP) e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS).

O espaço destinado ao comércio informal de hortifruti fica localizado na rua Governador Eraldo Gueiros Leite, no centro, a menos de 100 metros do Mercado do Turista, onde funcionou um ponto de transporte alternativo. A ideia é que cerca de 30 comerciantes, incluindo seis que comercializam feijão, possam desenvolver suas atividades diariamente. Eles foram previamente cadastrados juntos à Prefeitura de Petrolina, através da AFEABACAP que ainda ficará responsável por distribuir os espaços de acordo com critérios próprios.

O acordo foi firmado pelo diretor de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas, Cícero Dirceu da Silva, que representou o secretário da SEDURBS, Giovanni Costa, pelo comandante da Guarda Civil Municipal, Adroaldo Coelho, pela presidente da AFEABACAP, Elane Gomes Henrique, na presença de cerca de 20 comerciantes que participaram de um encontro no local em que vão trabalhar, realizado na tarde desta segunda-feira (03). “Todos os ambulantes estão conscientes de que agora o local de trabalho deles é esse. Então, quem voltar para a rua, infelizmente, vai estar desacobertado, porque nós temos um acordo que precisa ser cumprido. Ninguém mais vai trabalhar preocupado em ter sua mercadoria apreendida a qualquer momento”, comemora a representante.

O diretor de Disciplinamento Urbano, Cícero Dirceu da Silva, lembra que a ação integra o ‘Programa Calçada Livre’, que visa o reordenamento do centro comercial da cidade. “A melhor forma de construir esse processo é através do diálogo, como sempre orienta o prefeito Miguel Coelho. A partir de agora, as ruas do centro vão ficar mais livres, lembrando que a partir da próxima segunda-feira, não será mais permitido comercializar esse tipo de produto em outros locais da cidade. Este foi apenas o primeiro passo e outras medidas ainda estão sendo planejadas para melhorar a mobilidade urbana através do uso consciente das calçadas do centro da cidade”, destaca da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Vereadores de Petrolina são convocados para discutir Reforma Administrativa da Casa Plínio Amorim

Na sessão realizada nesta terça-feira (13), o presidente da Mesa Diretora Osório Siqueira …