Com um ano de muitas vitórias, APA encerra 2017 entre as melhores equipes de atletismo do país

0

Com um 2017 repletos de conquistas, a Associação Petrolinense de Atletismo (APA) fecha o ano com balanço positivo de participações em eventos esportivos na modalidade de atletismo e corrida de rua, despontando entre as melhores equipe do país.

Criada em Petrolina, a Associação possui atletas e paratletas em diversas modalidades e provas de corrida, além de incentivar a qualidade de vida na região do Vale do São Francisco. A equipe fechou o ano como a melhor equipe paralímpica do Nordeste, sendo a primeira do Brasil na categoria Andante, fechando o ranking como 2º colocado geral entre as 141 equipes em um esporte onde o país é uma potência mundial. “É um orgulho, pois há muito anos uma equipe não ocupa essa posição”,  comenta o Coordenador Técnico da APA, Marciano Barros.

Segundo Barros, a APA conquistou mais de 50% das provas que disputou durante o ano, sendo que os atletas estiveram presentes em mais de 100 eventos esportivos, entre provas nacionais e internacionais. “Os resultados são expressivos, somos uma equipe do Sertão e estamos presentes em Maratonas na Europa, o que mostra a qualidade técnica dos nossos atletas.”, frisou.

Atletas

Entre as conquistas estão os resultados dos atletas Edson Amaro e da Dama de Ferro, Ana Augusta, que já participou de dois Ironman e já está com classificação internacional para campeonato mundial na África do Sul.

Amaro se destacou pela suas colocações em corridas de rua, entre elas a 2ª colocação na Maratona Internacional de São Paulo, venceu a Maratona de Foz do Iguaçu-PR, e também está de passaporte carimbado para algumas provas internacionais que serão realizadas em 2018.

Em 2018

O coordenador Marciano afirma que as expectativas para 2018 são as melhores possíveis, pois a APA está em um dos seus melhores momentos e o intuito é expandir as conquistas. O objetivo da equipe é ocupar o lugar entre as melhores equipes paralímpicas do Brasil e estar no pódio das principais corridas de rua do país.

Porém, ele reforça a importância das políticas públicas de incentivo ao esporte no município. “Esperamos que em 2018, o bolsa atleta, que já foi aprovado pelo legislativo municipal desde 2016, comece a ser executado em Petrolina.”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Novo prazo para aderir ao Refis Rural vai até 31 de dezembro

Os produtores rurais têm até 31 de dezembro para aderir ao Programa de Regularização Tribu…