Codevasf fortalece apicultura familiar no sertão pernambucano com inauguração de Casa de Mel

0

santaApicultores de Santa Filomena, no sertão pernambucano, passam a ter condições de agregar valor ao mel produzido por mais de 100 famílias na localidade de Fazenda Caipora e em comunidades próximas. Será inaugurada neste sábado (16), às 8h, uma Unidade de Extração e Beneficiamento de Mel, também chamada de Casa de Mel – mais uma ação da Companhia de Desenvolvimentos dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), realizada por meio da superintendência regional em Petrolina dentro do eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil sem Miséria.

Foram investidos na obra mais de R$ 208 mil, recursos da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI). De acordo com o superintendente da Codevasf em Pernambuco, João Bosco Lacerda de Alencar, as ações de inclusão produtiva da empresa têm promovido mudanças significativas na vida das comunidades sertanejas na área de atuação da Companhia, que cobre 69 municípios pernambucanos.

“São obras de construção de Casas de Mel e implantação de kits produtivos de apicultura que têm levado qualidade de vida a todos que estão sendo contemplados com essas ações. É um trabalho de grande importância da Codevasf para o homem e a mulher do sertão”, enfatiza o superintendente. Os beneficiários das ações têm que atender aos critérios de seleção do Plano Brasil sem Miséria, como possuírem renda per capita familiar mensal de até R$ 77 e estarem inseridas no CadÚnico – cadastro para programas sociais do governo federal.

Além do superintendente João Bosco Lacerda, participarão do ato técnicos do órgão e da empresa contratada para prestar acompanhamento técnico aos apicultores de Santa Filomena, produtores da região, o prefeito do município, Pedro Gildevan Melo, e outras autoridades municipais e do estado.

Atividade rentável

Ainda neste mês serão entregues outras três Unidades de Extração e Beneficiamento de Mel pela Codevasf em Pernambuco: uma em Afogados da Ingazeira e duas em Petrolândia. Segundo o chefe da Unidade de Desenvolvimento Territorial do órgão no estado, Wellington Dias Lopes Junior, o investimento da unidade de Afogados é de R$ 212,6 mil, e nas de Petrolândia, R$ 468,4 mil.

“A inauguração da Casa de Mel de Afogados da Ingazeira está agendada para o dia 20 de maio. Já as unidades de Petrolândia estão em fase final de construção para que possamos inaugurar”, diz o zootecnista da Codevasf.

Os investimentos da Companhia em apicultura no sertão de Pernambuco já somam mais de R$ 8,7 milhões e contemplam cerca de 1,5 mil famílias com a construção ou a reforma de Casas de Mel e a implantação de kits produtivos apícolas. Municípios como Bodocó, Exu, Araripina, Ibimirim, Inajá, Dormentes, Petrolina, Moreilândia, Petrolândia, Serra Talhada, Quixabá, Santa Cruz e Manari já receberam ações da Codevasf para a ampliação e o fortalecimento da atividade apícola.

“Essa vocação dos produtores em municípios da área de nossa atuação aqui em Pernambuco tem sido fundamental para que possamos beneficiar cada vez mais famílias com a implantação de kits produtivos ou com reformas e construção das Casas de Mel. É uma forma de inserir os produtores numa atividade rentável, sustentável e de grande importância para a região”, avalia Wellington Lopes Júnior.

Segundo a gerente de desenvolvimento territorial da Codevasf, Izabel Aragão, essas ações realizadas pela Companhia permitem a geração de renda com o aproveitamento de uma potencialidade do meio ambiente. “O trabalho tem como objetivos organizar a cadeia produtiva apícola, qualificar a atividade e promover inclusão produtiva da população em situação de pobreza extrema”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Após inúmeras reclamações dos moradores, Prefeitura de Petrolina e Compesa intervém no saneamento do bairro Dom Avelar

Depois de receber diversas reclamações de populares, a Prefeitura de Petrolina articulou j…