Cemafauna de Petrolina participa de operação do Ministério Público da Bahia

0

cema

Desde o dia 04 até esta quinta-feira, 14, veterinários do Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) acompanharam o programa “Fiscalização Preventiva Integrada” organizado pelo Ministério Público da Bahia em parceria com o Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Polícia Federal, entre outros parceiros. A iniciativa existe há 12 anos e tem como principal objetivo a conscientização ambiental e o bem-estar dos animais.

A base da operação montada no município de Irecê-BA recebeu mais de mil animais silvestres que estavam sendo criados ilegalmente em residências ou em cativeiros de cidades nos arredores como Mulungu, Xique-Xique e Segredo, onde a operação atuou durante os 10 dias. Desse total, cerca de 500 animais foram devolvidos à natureza e os demais encaminhados ao Cemafauna por apresentarem condições debilitadas de saúde. “Como essa operação faz o resgate nas casas de pessoas não autorizadas para criação, muitos animais não recebem os cuidados que deveriam e acabam ficando desnutridos, bem abaixo do peso, com lesões, dificuldades de locomoção, deformidade nos membros e até cegos”, observa a médica veterinária Geiza Rodrigues, analista ambiental do Cemafauna.

Todos os animais já estão sob os cuidados dos profissionais especializados no Centro de Triagem de Animais Silvestres do Cemafauna para receberem alimentação correta, vermifugação já que “muitos se encontravam em condições irregulares de higiene e posteriormente, já apresentando estado completo de reabilitação serão devolvidos para a natureza”, afirma o médico veterinário Fabrício Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Curatela sobre bens de pacientes de Alzheimer será tema de encontro neste sábado (25) em Petrolina

Neste sábado (25), o tema ‘Curatela e Suas atuais mudanças pelo novo Código de Processo Ci…