Após denúncia, GRE de Petrolina destina professora para acompanhar estudante autista durante as aulas

0

Após denúncia de Maria Sônia Pereira, a qual afirmou que seu filho Mateus Pereira Lopes, de 11 anos, que é autista, está sem frequentar as aulas escolares a dois meses por falta de acompanhante, a Gerência Regional de Educação, em Petrolina, informou que enquanto o contrato de auxiliar, que realizam o acompanhamento dessas crianças, ainda não foi efetivado, a GRE destinou uma professora para acompanhar o estudante durante as aulas.

A partir desta quinta-feira (12), a profissional Maria Edilene da Silva Aquino acompanhará Mateus buscando atender a suas necessidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

TSE manda retirar das redes vídeos sobre “kit gay”

O ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou a remoção de s…