Após cortes no PAC, deputados pernambucanos vão vistoriar Transposição

0

transposição

A comissão criada na Assembleia Legislativa de Pernambuco para acompanha o andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) fará a sua primeira visita in loco na próxima sexta-feira, exatamente uma semana depois do governo federal anunciar um corte de R$ 25,9 bilhões no programa. Em Floresta, no Sertão, os deputados irão visitar as ações do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco, o maior empreendimento do PAC no Estado.

O principal objetivo da visita será verificar o andamento das obras e a possibilidade de o governo federal cumprir os prazos de conclusão do projeto. “Foi todo mundo pego de surpresa com o corte no orçamento e o PAC foi um dos maiores prejudicados, em torno de 40% do seu orçamento”, explica o deputado Miguel Coelho (PSB), presidente da comissão. “Quando você tira R$ 25 bilhões do PAC, é óbvio que a gente tem que ver o que vai afetar Pernambuco. Nós estamos preocupados com isso”, admite.

A Transposição está orçada em R$ 8,2 bilhões, dos quais R$ 6,3 bilhões já teriam sido pagos. A estimativa é que mais de nove mil pessoas trabalhem na obra. Alguns trechos atuam 24 horas por dia.

Segundo Miguel Coelho, a Assembleia espera receber um relatório do Ministério do Planejamento, que coordena o PAC, sobre as obras do programa no Estado. A comissão também fez solicitações a outros órgãos, incluindo o Ministério das Cidades, que será o mais afetado com um contingenciamento de R$ 17,2 bilhões.

Além da Transposição, os deputados também pretendem vistoriar outras obras em todo o Estado, como a Adutora do Agreste, que vai distribuir as águas da Transposição para o interior pernambucano, e um trecho da BR-232, próximo a Vitória de Santo Antão, que estava previsto para ser duplicado.

“Nós queremos visitar as obras de corredores e BRTs aqui na Região Metropolitana, mas essas ainda estão sendo definidas porque a gente quer conciliar também com a oposição”, diz ainda Miguel Coelho, que ressalta o caráter suprapartidário da comissão. (JC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Cúpula do PSDB nega que voto favorável a Aécio tenha acordo para o partido ficar contra a denuncia de Temer

Um dia após os tucanos apoiarem em peso o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no plenário do Sen…