AMMA emite nota sobre denúncia de dejetos jogados em poço

0

A respeito da denúncia feita por um leitor ao blog Edenevaldo Alves e replicada no programa da Petrolina FM na manhã desta quinta (23), a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) vem a esclarecer que:

1. As duas empresas que aparecem nas fotos ilustrativas da denúncia (Limpa Fossa Pacheco e Limpa Fossa do Povão) estão com suas documentações relacionadas à Licença Ambiental em dia. Inclusive, a equipe de Fiscalização do órgão ambiental esteve no último mês de Março na sede de uma delas e constatou que a mesma possui autorização da Compesa – Gerência Regional do São Francisco- para lançar resíduos “provenientes das atividades de desentupimento de fossas e sumidouro, na Estação Elevatória de Esgoto da Pedra do Bode”.

2. A equipe de Fiscalização da AMMA esteve na manhã desta quinta no local e verificou a existência do poço de visita (PV) para onde o material dos carros de limpa fossa é destinado. O local onde foi tirada a foto não é plano, apresenta muito desnível e provavelmente pelo ângulo da imagem não dá para perceber que na verdade os caminhões jogam o dejeto dentro do poço de visita (PV). A gestão e o tratamento do material que é descartado nesses poços de visita é de responsabilidade da Compesa.

3. Vale lembrar que em 2014 a Agência do Meio Ambiente multou a Compesa em R$ 1 milhão por jogar dejetos no Rio São Francisco, sem o devido tratamento. Apesar de ter recorrido na instância administrativa, a Compesa não obteve êxito.

A equipe do blog aguarda a resposta da COMPESA, já que a mesma foi citada na nota enviada pela empresa Pacheco.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Família petrolinense viaja para Brumadinho (MG) em busca de informações de inspetor de máquinas que está desaparecido

Cláudio Márcio dos Santos, de 46 anos está entre os desaparecidos da tragédia do rompiment…