46 mil alunos estão sem aula em Petrolina, PE

1

aulaNa manhã desta segunda-feira (13), alguns alunos desavisados compareceram às escolas estaduais de Petrolina, no Sertão pernambucano, mas não tiveram aulas. Os professores do estado paralisaram as atividades após a deflagração a greve da categoria na última sexta-feira (10). O motivo da reivindicação é o cumprimento da Lei do Piso Salarial, que prevê reajuste de 13,01% no salário dos discentes.

Segundo o coordenador regional Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), Robson José Nascimento, no município, ao todo mais de 46 mil alunos devem ficar sem aula. “Aqueles estudantes que forem hoje às escolas vão ser informados sobre a greve, os motivos dela e devem ser liberados”, contou.

Em Petrolina, os discentes realizaram duas paralisações de 48h, nos dias 25 e 26 de março e outra dias 7 e 8 de abril. A decisão de entrar em greve, por tempo indeterminado, foi decidida em uma assembleia da categoria na sexta-feira (10), na capital Recife.

Em nota, a secretaria de Educação de Pernambuco informa que “os pais ou os responsáveis entrem em contato com as unidades de ensino para saber se a escola está com as atividades normalizadas e, em caso positivo, encaminhem os estudantes para as escolas. Foi constatado que em várias escolas em funcionamento há professores, porém, não há a presença dos alunos ou, quando há, estão em pequeno número. A Secretaria de Educação do Estado (SEE) informa que divulgará, na tarde de hoje (13), o resultado parcial sobre a situação de funcionamento das unidades.” (G1)

1 Comentário

  1. Rafael

    14 de abril de 2015 em 08:42

    Educação parada, sistema penitenciário em crise, judiciário estadual prestes a parar também e ameaça da polícia civil de entrar em greve! Só falta agora os profissionais da saúde também entrarem de greve para o estado entrar no caos total e ficar paralisado igual ao Paraná! O que aconteceu com o maravilhoso pernambuco mostrado na campanha do Sr. Paulo Câmara? É 40!!!!!!!!!!!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Utilidade Pública: Jovem de Belém do São Francisco necessita de ajuda urgente para tratamento de saúde

Victória Hortência da S. Moraes, de 23 anos, é da cidade de Belém de São Francisco e tem u…